Purificador de Água por Osmose Reversa - WPS-B5
Purificador de Àgua por Osmose Reversa
  • Equipamento de purificação de água pelo sistema de osmose reversa para alimentação automática de autoclaves.
  • Osmose reversa é um processo que ocorre quando a água, sob alta pressão, é separada de seu soluto (impurezas e metais pesados), através de uma membrana permeável ao líquido e impermeável ao soluto.
  • Instalado na rede de água do prédio para alimentar automaticamente a autoclave à qual está acoplado ou para fornecer líquido para enxágue de materiais pós lavagem.
  • É compatível, de fábrica, com autoclaves Classe B Pré-vácuo 2.0 modelo Tanzo.
Purificador de Àgua por Osmose Reversa

Warning: sizeof(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/wosonlatamcom/public_html/system/views/pagina/publica/wps.php on line 251
Características
Especificações
Como Usar
Saiba +
  • Seus destacados benefícios são qualidade do líquido, produtividade, baixo custo e usabilidade.
  • Oferece o máximo de pureza para uma esterilização absolutamente segura em autoclaves.
  • Produz até 18 litros/hora de água pura para fins clínicos e esterilização de materiais nas Centrais de Materiais e Esterilização (CME) de alta rotatividade.
  • Seu alto rendimento permite entregar líquido suficiente também para enxágue de materiais pós-lavagem mecânica e/ou ultrassônica, desde que sua instalação esteja preparada para este fim.
  • Considerando o consumo médio de 0,4L por ciclo de autoclavagem 3 vezes ao dia, chega-se a um consumo estimado de apenas 360L/ano, resultando em significativa redução de custo com energia elétrica e gastos com água destilada.
  • O líquido purificado por osmose reversa é indicado para auxiliar na desinfecção, limpeza e esterilização de materiais autoclaváveis, em consultórios, clínicas, laboratórios e centros cirúrgicos.
  • O WPS Woson utiliza uma sequência de filtros de polipropileno de 5µm; de cloro, sabor e odor de 5µm; de ultra profundidade de 0,5µm e de osmose reversa de 0,0001µm.
  • Economiza tempo e mão de obra profissional, com baixo consumo de energia elétrica.
  • Instalação prática por ser um produto “plug and play”, de fácil e baixa manutenção.
  • Alimentação: bivolt automático de 100 a 240vad.
  • Baixa tensão: 24 volt.
  • Potência: 36 Watt
  • Alimentação de água: rede pública, caixa d’água ou similar.
  • Purificação: por osmose reversa.
  • Dimensões: L470 x A355 x P115 mm.
  • Instalação simples: requer rede elétrica, hidráulica e ponto de descarte
  • Produção estimada: até 18 l/h
    O WPS – Water Purifier System é um produto que complementa um sistema de biossegurança com qualidade superior, decorrente de oferecer ao usuário uma água purificada pelo avançado método de osmose reversa.
  1. A osmose reversa é um processo em que a água – com os elementos que naturalmente a acompanham como cloro, sais minerais, metal pesado, impurezas e micropartículas em geral – é colocada em um ambiente e, sob alta pressão, é purificada para outro ambiente através de filtros, permeáveis apenas ao líquido, cuja permeabilidade sequencial varia de 5µm a 0,0001µm.
  2. A água purificada obtida pelo processo de osmose reversa é altamente recomendável para procedimentos clínicos críticos altamente invasivos.
  3. O WPS Woson é plugado na rede elétrica do prédio, conectado na rede hidráulica e em um ponto de descarte diretamente ligado ao esgoto.
  4. Com funcionamento automático, economiza tempo de mão de obra para alimentação da autoclave, além de significativa economia no consumo de energia.

A água é um bem nobre e vital. Possui inumeráveis aplicações. Desde beber até o uso em escala industrial. O nosso foco é o seu uso em CME’s, onde há pelo menos em três momentos distintos que pedem três tipos de água, conforme os Procedimentos Operacionais Padrão (POP), conforme a RDC 15:2012:

pré-lavagem

enxágue e

esterilização.

Portanto, são 3 usos protocolares que requerem água com características e qualificações diferentes.

    Water Purifier System
  1. Pré-lavagem de Instrumentos: A mesma água que jorra da torneira dentro de uma cuba profunda e apropriada a este fim, conhecida como água-dura. Deve-se estar atento à qualidade da água que recebe da Rede Pública para consumo geral. Pode ser que seja necessário um pré-tratamento com um filtro de areia na entrada do prédio, por exemplo, para obtenção do líquido o mais puro possível e qualidade suficiente para pré-lavagem, com bom índice de potabilidade.
  2. Enxágue de Instrumentos: A água utilizada para o enxágue do material deve ser no mínimo filtrada. O enxágue dos materiais a autoclavar ocorre em dois momentos. Depois da pré-lavagem mecânica na cuba grande e profunda. E depois da lavagem profunda em lavadora ultrassônica por imersão em líquido enzimatizado. A água purificada por osmose reversa é a ideal para enxágue principalmente depois da lavagem ultrassônica, seguido de secagem para embalar e autoclavar. Livre de metais pesados, o enxágue favorece a esterilização, minimiza riscos de manchas, de oxidação ou de danos em superfícies e fios de instrumentos. Aqui é pertinente um comentário sobre secagem e embalagem. A secagem pode ser feita com pistola de ar pressurizado por um compressor isento de óleo com rede de ar tratada por filtro coalescente e de carvão ativado. A embalagem deve ser realizada com seladora que proporciona solda de qualidade comprovada para não haver descolamento durante a ação do vapor durante a esterilização. O artigo 168 da RDC 15:2012 diz: 1) “O enxágue dos produtos para saúde dever ser realizado com água que atenda aos padrões de potabilidade definidos em normatização específica.” 2) “O enxágue final de produtos para saúde críticos utilizados em cirurgias de implantes ortopédicos, oftalmológicos, cirurgias cardíacas e neurológicas deve sem realizado com água purificada.”
  3. Esterilização: A água a utilizar para esterilização, obrigatoriamente tem que ser purificada de boa qualidade, com alto índice de pureza e isenta ao máximo de metais pesados. Se a água possuir condutividade acima do índice recomendado, as autoclaves Woson Classe B, dotadas de sensor de qualidade do líquido, poderá abortar o processo de esterilização, como medida de proteção contra danos do equipamento e dos instrumentais a esterilizar. A água purificada por osmose reversa, com índice de condutividade praticamente zero, é a ideal para esterilização e proteção do material esterilizado. O WPS Woson produz água com índice de condutividade 10 vezes abaixo do índice recomendado pelas autoclaves Woson, fazendo da água purificada por osmose reversa o líquido ideal para esterilização, preservação do equipamento e do material autoclavado. O artigo 74 da RDC 15 diz, a respeito de monitoramento da água, que deve ser feita “a mensuração da água, ph, íons cloreto, cobre, ferro, manganês e a carga microbiana nos pontos de enxágue da área de limpeza”. A utilização de água filtrada e purificada por osmose reversa em CME’s de consultórios, clínicas, laboratórios e centros cirúrgicos muda os paradigmas do controle de infecção e da esterilização e coloca a biossegurança e novo patamar.
Decreto Municipal de Ribeirão Preto Nº118 - 24 de maio de 2021 Links Úteis