Viver cada fase da vida na plenitude - Dia internacional do Idoso

1º DE OUTUBRO – DIA INTERNACIONAL DO IDOSO

Viver cada fase da vida na plenitude

 

Sim, é possível viver na plenitude cada fase de nossas vidas. A vida é um direito de TODOS e em PLENITUDE, em todas as suas fases. É um direito natural! Respeitar o idoso e contribuir para criar condições de vida com dignidade natural é uma atitude para com o próprio futuro, algo como “eu sou você amanhã”.


A cidadania e a dignidade da pessoa humana são 2 fundamentos que estão consignados no Estatuto do Idoso do Brasil, conforme Lei 10.741 de 1º de outubro de 2003. Em seu artigo 8º reza que “o envelhecimento é um direito personalíssimo e a sua proteção um direito social...”.
O que deveria ser um direito natural passa a ser previsto no Estatuto do Idoso, porque nem sempre a Terceira Idade tem sido tratada pela nossa sociedade com dignidade e sua cidadania nem sempre tem sido respeitada. A cidadania é a condição de quem possui direitos civis, políticos e sociais, e garante a participação na vida política da sociedade onde nasceu, se desenvolveu e se aculturou.


Por força de lei, o Estatuto prevê os direitos à vida, à proteção, à saúde, ao trabalho, à previdência social, à educação, à cultura, ao lazer, à moradia, ao voto, a ser votado e ao livre ir-e-vir em todos os segmentos sociais. Em tese, o que é natural precisaria de legislação? A lei tem sido cumprida? São pontos que merecem a reflexão de cada um de nós, inclusive da própria Terceira Idade.


O Estatuto representa um avanço sociojurídico de grande valia na defesa dos direitos da população idosa, pontualmente acima dos 65 anos, mas na prática há muito a fazer, porque precisa fazer parte da cultura de todos nós.

O envelhecimento é a maior conquista do nosso século.


No mundo todo, inclusive no Brasil, a participação ativa de uma imensidão de cidadãos acima de 65 anos é bastante evidente, principalmente resultado dos avanços da Ciência da Saúde e do ganho na longevidade das pessoas, com qualidade de vida, produtividade e indispensável experiência com sabedoria.


O Brasil hoje é um país com população de idosos acima de 15 milhões. A longevidade atingiu a média de 75 anos, com perspectiva de chegar aos 90 anos nos próximos 30 anos. As Ciências da Saúde têm tido avanços consideráveis e são responsáveis diretas pelo aumento dessa longevidade.


Na Odontologia, por exemplo, o surgimento dos implantes osseointegrados de titânio provocaram uma revolução na saúde geral dos pacientes, com especial impacto na população de terceira idade. Aqueles que, por algum motivo, perderam seus dentes, hoje podem tê-los de volta. A saúde bucal é fator fundamental na saúde física geral das pessoas, além da preservação ou resgate da autoestima, autoconfiança, saúde mental e inclusão social.


Uma sociedade justa e igualitária não pode prescindir do sentimento e da prática da equidade social, que deve enraizar-se em sua estrutura social mais profunda e essencial até fazer parte de sua cultura.


Na raiz da dignidade humana está a qualidade de vida e o respeito com que todos devem ser tratados, independentemente da idade em que se encontre, os idosos inclusive.


A Woson é uma empresa que traz consignados em sua missão, visão e valores a contribuição para a qualidade de vida, a segurança e o bem-estar a todos, estando no centro de tudo a pessoa humana.

Woson
Nós praticamos saúde!

Escrito por:

  • Depoimento - Waldomiro Peixoto
    Waldomiro Peixoto
    Consultor Técnico Woson