Lavagem Ultrassônica

A lavagem bem-feita de materiais é fundamental para a esterilizá-los, conservar, armazenar e minimizar riscos de os recontaminar. É indispensável submeter os instrumentais a lavagens mais profundas com lavadoras ultrassônicas, para remover tecidos orgânicos e sujidades de pontos inacessíveis à lavagem mecânica. Sequência de procedimentos:

  1. Imergir o instrumental contaminado imediatamente após o uso em cubas com líquido enzimático durante cerca de 10 minutos, tampar para circular até o CE – Centro de Esterilização
  2. No CE, fazer pré-lavagem mecânica com água corrente abundante, utilizando escovas apropriadas ao desenho do instrumento.
  3. Uma vez pré-lavados, colocá-los dentro da cesta da Lavadora Ultrassônica, ainda fora da cuba. Neste momento, proteger os fios de instrumentos cortantes do contato com outras superfícies metálicas, evitando dessa forma atritos durante a vibração ultrassônica.
  4. Abastecer com água limpa a cuba da lavadora até o nível indicado. Em seguida, misturar o líquido enzimático. Normalmente a proporção é de 5 ml de enzimático para cada 1000 ml de água. Seguir, porém, instruções do fabricante do enzimático.
  5. Antes de imergir a cesta com instrumentos na cuba da lavadora ultrassônica, fazer um ciclo sem instrumentos, para desgaseificar o líquido enzimatizado e eliminar as bolhas de ar que diminuem a eficiência da vibração ultrassônica, principalmente nos pontos menos acessíveis dos instrumentais.
  6. Em seguida, imergir a cesta com instrumentos na cuba. Acionar o aquecimento e o tempo de vibração recomendados e aguardar o fim do ciclo ultrassônico.
  7. Não colocar excesso de instrumentos na cesta para não diminuir a eficácia da limpeza ultrassônica profunda.
  8. Para limpeza de agulhas e brocas, fazer uso de um copo-becker imerso.
  9. Depois de limpos com o ultrassom os instrumentais ou conteúdo do becker, fazer inspeção visual com luminária e lupa. Se necessário, complementar com lavagem mecânica e fazer o enxágue com água corrente abundante. Secar, empacotar e esterilizar.
  10. A água com enzimático pode ser utilizada mais de uma vez. Depois de diluído, a sua validade é de cerca de 6 horas, após as quais a água deve ser substituída. Ou substituir antes se a água ficar turva ou acusar presença acentuada de sujidades. Rotineiramente troca-se antes do almoço e no final de tarde.

Enfim, com a limpeza ultrassônica a esterilização é mais eficaz, os instrumentos se conservam mais, diminuem os riscos de manipulação e custos nos CE’s.

Escrito por:

  • Depoimento - Waldomiro Peixoto
    Waldomiro Peixoto
    Consultor Técnico Woson