Woson Testa Autoclaves Classe B com Contêineres de Última Geração e Teste Tipo Bowie & Dick .

A Woson recebe, em janeiro de 2021, o consultor técnico Fernando Bustamante, especializado em Biossegurança na Área da Saúde, para realizar testes em autoclaves de sua marca.

Os modelos de autoclaves classe B pré-vácuo submetidos a testes foram autoclave Tanvo 45 litros e autoclave Tanzo Touch 18 litros. Os testes foram realizados com 2 tipos de contêineres de última geração e com teste tipo 2 Bowie & Dick. A Tanvo 45 foi testada com contêineres e Bowie & Dick, e a Tanzo Touch apenas com Bowie & Dick

Os contêineres de última geração SBE – Sistema de Barreira Estéril – utilizados no teste foram cedidos pelas empresas alemãs KLS MARTIN e SAVONA. Os da KLS são fabricados em alumínio anodizado e possuem filtros permanentes tipo “Labirinto de Pasteur”. E os da SAVONA fabricados em polímeros especiais com fibra de carbono e possuem filtros permanentes de polímeros.

Para testar, os contêineres foram carregados com instrumentos médicos de alta precisão, fabricados com aço inoxidável cirúrgico, utilizáveis em centros cirúrgicos de hospitais.

Os contêineres seguem os padrões da Norma DIN (Deutsches Institut für Normung), com capacidade de ½ DIN e 1 DIN. Os filtros permanentes, de última geração, simulam cenário extremamente rigoroso tanto para penetração de vapor quanto para retirada de ar e umidade das cargas, consequentemente para secagem. O cenário rigoroso acima é parâmetro para a garantia e manutenção da esterilidade das cargas depois de retiradas das autoclaves e encaminhadas para os Centros Cirúrgicos.

Todos os ciclos-teste foram realizados com 3 pulsos de pré-vácuo. Com os contêineres, esterilização a 134°C durante 4’ e secagem de 15’. Com os testes Bowie & Dick, esterilização a 134°C durante 3,5’ e secagem de 1’ no modelo Tanzo Touch e de 4’ no modelo Tanvo 45. 

Os resultados foram aprovados com louvor em ambos os modelos, no que diz respeito à boa penetração do agente esterilizante, bem como pela fase de secagem, saindo totalmente secos em todos os ciclos testados.

Todos os modelos de autoclaves classe B pré-vácuo , da marca Woson, seguem o mais moderno conceito de processo, utilizando sistemas que não possibilitam a criação de condensado dentro dos Sistemas de Barreira Estéril. Os equipamentos produzem um título de vapor que possibilita menor entrega de condensado e resulta em baixo índice de umidade a secar.

A temperatura e a pressão são monitoradas por sensores PT1000. Durante a secagem a vácuo, a admissão de ar se dá através de filtro hidrófobo de 0,22 mícron, de alta densidade, e os registros eletrônicos de todas as fases no final do processo de esterilização estão em conformidade com os padrões atuais da ANVISA.

Pouca umidade, pouco tempo de secagem e maior eficiência do sistema: essas são particularidades técnicas que as autoclaves Woson entregam acima do mínimo exigido pelas Normas Nacionais e Internacionais.

Woson Biossegurança Responsável

Leia também outros temas relacionados:

https://www.wosonlatam.com.br/teste-bowie-dick-o-que-e-para-que-serve-e-como-aplicar

https://www.wosonlatam.com.br/teste-de-vazamento-de-pressao-leak-testing

https://www.wosonlatam.com.br/vapor-saturado-o-que-e-o-que-faz

Escrito por:

  • Depoimento - Waldomiro Peixoto
    Waldomiro Peixoto
    Consultor Técnico Woson